problemas-hormonais-entenda-mais-e-cuidese-melhor.jpeg

Problemas hormonais: entenda mais e cuide-se melhor

Todos nós estamos suscetíveis a sofrer, em algum momento de nossas vidas, com os problemas hormonais. Desequilíbrios nos hormônios — substâncias que regulam diversas reações em nosso organismo — podem atingir tanto homens quanto mulheres, de todas as faixas etárias.

Apesar disso, as mulheres são mais comumente acometidas por tais problemas, devido ao número elevado de hormônios reguladores em sua corrente sanguínea e a algumas particularidades de sua anatomia.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura, descubra as causas e principais sintomas das alterações hormonais femininas e aprenda a se cuidar cada vez melhor!

Como funciona o sistema endócrino feminino?

Os sistemas endócrino e nervoso trabalham lado a lado e são os responsáveis pela regulação das reações de nosso organismo, também conhecidas como metabolismo. A produção hormonal é feita pelas glândulas, que estão espalhadas por todo o corpo.

Os hormônios são substâncias ao mesmo tempo específicas e complementares. Isso quer dizer, em outras palavras, que embora elas tenham uma função bem definida, interferem diretamente no funcionamento adequado de outros hormônios. Por conta disso, um desequilíbrio hormonal pode ocasionar uma espécie de efeito dominó no organismo.

As glândulas envolvidas no processo de fabricação hormonal são:

  • pineal;
  • hipófise;
  • tireoide e paratireoide;
  • adrenais (ou suprarrenais);
  • pâncreas;
  • ovários.

Cada uma delas produz hormônios diferentes. Os mais famosos são a progesterona, o estrógeno e o hormônio tireoestimulante. Entre os distúrbios hormonais mais comuns, podemos citar o hipotireoidismo, o hipertireoidismo e algumas doenças crônicas, como a tireoidite de Hashimoto e a diabetes tipo 1.

Quais são as causas dessas doenças?

As doenças hormonais podem ser causadas por diversos fatores, que dependerão do problema em questão. No entanto, alguns pontos podem ser considerados como fatores de risco. Eles são:

  • predisposição genética;
  • estresse;
  • obesidade;
  • alimentação inadequada.

A avaliação médica é essencial para descobrir o que está causando o desequilíbrio hormonal em cada paciente, por meio da requisição de exames específicos.

Quais são os principais sintomas de problemas hormonais?

Assim como a causa de tais problemas, seus sintomas podem ser extremamente variados. No entanto, alguns são comuns e estão presentes na maioria dos casos. Confira:

Excesso de fome

Doenças como a diabetes e o hipertireoidismo causam um grande aumento na fome, que pode ou não estar acompanhado de alterações no peso corporal.

Surgimento de acne

Desequilíbrios nos níveis de progesterona, estrógeno e testosterona (também presente nas mulheres) pode elevar a oleosidade cutânea e causar acne e outros problemas de pele.

Mudanças no humor

As alterações no humor feminino normalmente estão ligadas aos hormônios sexuais, como a progesterona e o estrógeno. Embora comuns durante a TPM, podem indicar problemas caso sejam constantes.

Problemas de memória

Nossa memória está intimamente ligada à saúde endócrina e altos níveis de cortisol, conhecido como o ‘’hormônio do estresse’’, podem acarretar numa diminuição da capacidade de armazenamento de informações.

Alterações no peso

Doenças do sistema endócrino comumente estão acompanhadas de alterações súbitas no peso corporal, tanto para mais, quanto para menos. Isso acontece porque os hormônios regulam nosso apetite e todo o metabolismo do organismo.

Mudanças no ciclo menstrual

Quem é mulher, sabe: nem sempre o ciclo menstrual é perfeito e dura exatamente 28 dias, como dizem os livros. No entanto, alterações muito bruscas, como menstruações constantes ou inexistentes podem indicar problemas hormonais.

Sensação de calor e suor intenso

Os ‘’calorões’’ já são velhos conhecidos do público feminino e normalmente deixam claro que a menopausa está chegando. No entanto, esse sintoma também pode indicar problemas em outras glândulas, como a tireoide ou as adrenais. Fique ligada!

Além desses, sintomas como cansaço constante, insônia, queda de cabelo, unhas fracas ou problemas ósseos também podem estar relacionados a um desequilíbrio hormonal.

Em caso de suspeitas de problemas hormonais, é essencial que uma consulta médica seja agendada o quanto antes. Um diagnóstico precoce aumenta consideravelmente as chances da resolução do problema e garante muito mais saúde e qualidade de vida para os pacientes!

Em caso de dúvidas, entre em contato com a gente! Nossa equipe está à disposição para responder todas as suas perguntas. Até a próxima!

Comments (2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This