imc-feminino-voce-sabe-o-que-ele-significa.jpeg

IMC feminino: você sabe o que ele significa?

Você sabe o que é e para que serve o IMC feminino? Uma das formas mais populares para saber se um indivíduo está dentro do peso ideal é calculando seu Índice de Massa Corporal (IMC). A fórmula é a seguinte: peso ÷ altura x altura. Ou seja, você precisa dividir o seu peso, em quilos, por sua altura, em metros, ao quadrado. Há diversas calculadoras online que fazem o serviço para você.

Estar acima ou abaixo do peso pode influenciar negativamente na sua saúde, mas também é preciso levar em consideração outros fatores. Apesar de o IMC ser uma medida de referência internacional reconhecida pela Organização Mundial de Saúde, ele não tem como medir diretamente a gordura corporal, já que trabalha apenas com a média.

O IMC feminino não difere muito do masculino, pois, apesar das diferenças físicas entre homens e mulheres, principalmente na distribuição do peso no corpo, a média final se equilibra com a altura e não há diferença no cálculo entre os sexos.

O que dizem os resultados

  • menos de 18,5 kg/m² – Abaixo do peso. A pessoa corre o risco de estar subnutrida e precisa se alimentar melhor. Os sintomas desse resultado podem ser fadiga, estresse e ansiedade;
  • entre 18,6 e 24,9 kg/m² – Peso ideal. Parabéns! Menos risco de doenças cardiovasculares, entre outras;
  • entre 25,0 e 29,9 kg/m² – Acima do peso. Levemente fora do ideal, é preciso tomar mais cuidado com a saúde. Pode se sentir mais cansado e ter problemas circulatórios;
  • entre 30,0 e 39,9 kg/m² – Obesidade. Indivíduo corre mais risco de diabetes, infarto, falta de ar e apneia do sono;
  • acima de 40,0 kg/m² – Obesidade mórbida. É preciso tomar providências urgentemente. Os riscos de diabetes, infarto e AVC são ainda mais elevados.

Existe diferença entre o IMC feminino e o masculino?

IMC feminino não difere tanto assim do IMC masculino, pois, apesar de geralmente os homens terem mais músculos e serem maiores do que as mulheres, a média é feita considerando o peso e a altura. Por isso, o resultado acaba sendo bastante parecido. 

O princípio básico do cálculo é que pessoas mais altas têm mais ossos, músculos e gordura, por isso, tendem a pesar mais. E isso é válido para todo tipo de gente, não importando sexo, raça, idade (há debates sobre idosos) ou mesmo composição corporal.

O cálculo do IMC é suficiente para saber se sou saudável?

Não. O Índice de Massa Corporal é apenas um indicativo da sua saúde, mas é necessário exames mais aprofundados para ter certeza do quadro geral do indivíduo. Não é raro pessoas acima do peso apresentarem exames clínicos excelentes, enquanto quem está dentro do peso ideal têm exames alterados.

Há fatores genéticos que influenciam diretamente na saúde, como predisposição a doenças cardiovasculares, respiratórias, diabetes etc. Isso significa um esforço constante, de pessoas fora do peso ideal ou não, para cuidarem-se e manterem-se saudáveis.

Para informações mais precisas sobre a saúde de uma pessoa, é recomendado realizar periodicamente exames mais completos, capazes de revelar dados precisos, como triglicérides, pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica, colesterol HDL, glicemia, entre outros. Fale com seu médico!

Aprendeu um pouco mais sobre sua saúde e entendeu o que significa o IMC feminino? Que ótimo! Agora você já está um passo mais perto de levar uma vida mais saudável! Assine nossa newsletter e não perca outras dicas como esta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This