voce-sabe-como-escolher-uma-clinica-para-a-realizacao-de-seus-exames.jpeg

Você sabe como escolher uma clínica para a realização de seus exames?

Você por acaso já se viu diante de uma bateria de exames após o que era para ser apenas uma consulta ao médico? É provável que sim, afinal, quando o assunto é saúde, aquele velho ditado: “é melhor prevenir do que remediar” não poderia encontrar melhor lugar do que aqui. Mas, perante a esse fato, uma dúvida pode lhe surgir: como escolher uma clínica para exames?

Foi pensando nisso que preparamos esse artigo. Veja a seguir os principais fatores a considerar antes de decidir a clínica para seus exames. Continue a leitura e confira!

1. Indicadores de qualidade

Para começar, fique atento aos indicadores de qualidade que a clínica possui. Vale pesquisar sobre o assunto, até porque hoje existem diversas organizações que atestam e auditam os processos laboratoriais como um todo.

Procure por certificações e programas de qualidade, por exemplo, pois essas informações certamente lhe dirão quem adota as melhores práticas.   

2. Indicações e reputação 

Pedir indicações e pesquisar a reputação das clínicas é uma das melhores maneiras de saber quais delas são confiáveis e quais não são. De preferência, converse com pessoas conhecidas e utilize a internet (especialmente as redes sociais) como fonte de pesquisa. 

Apenas tenha em mente que o satisfatório para uma pessoa pode não ser o mesmo para outra. Assim sendo, peça a opinião do maior número de pessoas que puder.

3. Perfil dos profissionais  

Outro fator muito importante para a escolha da clínica é o perfil profissional dos responsáveis pela a realização dos exames. Procure se informar sobre a formação e a especialização da equipe médica local.

Consulte e investigue as informações que o laboratório disponibiliza em relação aos seus integrantes. Normalmente, é possível encontrá-las no próprio site da clínica.  

Embora a experiência prática seja de extrema importância, a educação formal como títulos de especialidade ou cursos extras declaram a capacidade dos profissionais. 

4. Atendimento

Ninguém gosta de ser mal atendido, concorda? Pois bem, faça o teste com as clínicas da sua cidade, afinal de contas, a forma como os clientes são tratados diz muito sobre a qualidade das empresas de um modo geral. 

Entre em contato por telefone, por exemplo, e veja se o atendimento é adequado e se lhe passa confiança sobre o local. Se possível, faça uma visita pessoal e converse com os funcionários também. 

5. Infraestrutura

A infraestrutura é um ponto que merece muita atenção, já que ela se refere aos equipamentos e recursos que as clínicas dispõem para a realização dos exames. 

É bem verdade que na maioria das vezes não será possível conhecer todos os espaços, principalmente aqueles em que os procedimentos de fato são realizados.

No entanto, observe a organização e a limpeza do lugar. Se a recepção for desorganizada e parecer um ambiente dos anos 90, será que internamente a clínica conta com equipamentos modernos?

6. Localização

A questão da localização não é tão relevante assim, mas pode ser um critério de desempate para aqueles exames que exigem um cuidado extra após a sua realização.

Se você tiver que passar por uma sedação, opte por uma clínica mais acessível caso aprovada nos outros fatores. 

Com saúde não se brinca, por isso, é fundamental reunir o máximo de informações que lhe ajudem a escolher uma clínica para exames. 

Mas então, gostaria de saber mais? Entre em contato com nossa equipe, será um prazer lhe ajudar!

Comments (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This