183896-o-que-e-a-amilase-pancreatica-e-de-que-forma-indica-doencas

O que é a amilase pancreática e de que forma indica doenças?

Você já deve saber o quanto o check-up é importante para prevenir doenças, cuidar da saúde e se manter saudável. Os exames de sangue e de urina podem detectar inúmeras doenças, entre elas, as que estão relacionadas ao nível de amilase pancreática no organismo.

O pâncreas é uma glândula localizada entre o estômago e a coluna vertebral. Ele produz a insulina, hormônio responsável pelo controle da quantidade de açúcar no sangue, e também uma enzima chamada amilase. Essa substância atua na digestão dos alimentos, transformando o amido e o glicogênio presentes nos carboidratos em moléculas menores.

Os exames que analisam a quantidade de amilase presente no indivíduo são indicadores de algumas doenças, como a pancreatite e o câncer pancreático.

Quando se trata de saúde, a prevenção é a melhor prática para garantir tranquilidade. Descubra a importância do controle da amilase pancreática e veja quais exames você deve solicitar ao seu médico! 

Por que fazer o controle da amilase pancreática?

Os médicos utilizam os valores de referência da amilase pancreática para descobrir a existência de doenças, principalmente as associadas à atividade do pâncreas. Porém, ao medir o nível da enzima, é possível descobrir problemas em outros órgãos, por exemplo, nos rins.

A amilase elevada, além da pancreatite, sinaliza as seguintes doenças: apendicite, caxumba, cetoacidose diabética, insuficiência renal, úlcera perfurada, entre outras.

Já quando a taxa da enzima no organismo é baixa, quer dizer que as células produtoras da amilase pancreática estão sendo destruídas. Nesse caso, há possibilidade de o paciente estar desenvolvendo cirrose, fibrose cística em estágio avançado, hepatite ou, em mulheres, toxemia gravídica.

Como o exame é feito?

Há duas maneiras de verificar a quantidade de amilase pancreática presente no nosso organismo, que são o exame de sangue ou de urina.

Para o exame de sangue, não é necessário fazer jejum preparatório. No entanto, não é recomendada a ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que precedem a coleta. Se a sua taxa de amilase for medida por meio da urina, é possível fazer a avaliação por meio da amostra de 2 ou 24 horas.

Siga as instruções repassadas pelo laboratório e entregue o material coletado em casa ao atendente.

Quais são os valores de referência?

Os valores de referência são dados numéricos que revelam a normalidade ou alteração no resultado do exame. Esses números variam de acordo com a faixa etária do paciente e a categoria do exame. A seguir, confira as referências para o caso da amilase pancreática.

Exame de sangue:

  • mais de 60 anos: de 24 a 151 unidades/litro;
  • menos de 60 anos: de 25 a 125 unidades/litro.

Exame de urina:

  • coleta de 2 horas: de 2 a 34 unidades/hora;
  • coleta de 24 horas: de 24 a 408 unidades/hora.

Diagnosticar alterações na produção da amilase pancreática é fundamental para evitar ou tratar muitas doenças. Realizar o exame laboratorial para saber como está o nível dessa enzima no seu corpo é a melhor forma de avaliar o seu estado de saúde. Com o resultado em mãos, o médico indicará o recurso mais apropriado para você, caso seja necessário. 

Neste post, você aprendeu a importância da amilase como um indicador de doenças. Caso tenha alguma dúvida sobre a realização do exame, entre em contato conosco que vamos esclarecê-la sem demora! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This