quais-sao-as-doencas-que-podemos-prevenir-ao-lavar-as-maos.jpeg

Quais são as doenças que podemos prevenir ao lavar as mãos?

O simples ato de lavar as mãos pode ser mais benéfico para a saúde do que você imagina. Dados da Organização Mundial da Saúde revelam que a incidência de infecções pode ser até 40% menor em indivíduos que realizam a higienização das mãos de maneira correta.

Especialistas na área da saúde e prevenção afirmam que cerca de 80% de todas as doenças infecciosas são transmitidas pelas mãos, o que faz com que seja muito importante desenvolver o hábito de lavar as mãos. 

Para explicar melhor, listamos 4 doenças que podem ser evitadas por meio do simples ato de lavar as mãos, afinal, essa ação é tão importante que possui até mesmo uma data comemorativa, o dia 5 de maio, Dia Mundial de Higiene das Mãos.

1. Gripe

Causada pelo vírus Influenza, a gripe pode ser transmitida pelo contato direto com indivíduos infectados ou até mesmo pelo simples toque em superfícies como maçanetas e corrimões. A infecção acontece quando gotículas de secreção são eliminadas sempre que a pessoa tosse ou espirra. O ato de levar a mão à boca e depois colocá-la em outra superfície é o principal meio de transmissão da doença.

2. Varicela

Popularmente conhecida como catapora, a varicela é transmitida por meio do contato direto de secreções respiratórias ou de saliva de indivíduos contaminados. O vírus herpes zóster é transmitido com facilidade e tem na falta de higienização das mãos sua principal aliada.

3. Gastroenterite

A inflamação do trato intestinal pode ser causada por bactérias, parasitas ou vírus e tem as mãos como principal porta de acesso. Isso ocorre porque o ato errôneo de não lavar as mãos logos após usar o banheiro faz com que esses germes contaminem alimentos e/ou sejam levados até a boca quando tossimos ou espirramos.

4. Rotavírus

As populares viroses são transmitidas pelo contato fecal-oral com objetos contaminados, assim como água e alimentos. A infecção causa vômitos, desidratação e diarreia aguda e pode levar à morte.

Quando devo lavar as mãos?

O ideal é que a higienização aconteça antes e depois das refeições, após o uso do banheiro ou sempre que a mão for levada à boca para tossir ou espirrar. Falar ao telefone, usar o transporte público, coçar os olhos e o nariz o também são ações que pedem posterior higienização.

Na busca por soluções práticas, muitas pessoas fazem o uso do álcool em gel, que pode ser levado para qualquer lugar e é ideal para quem se desloca pela cidade e não consegue lavar as mãos com a frequência necessária. No entanto, os especialistas alertam que o produto não substitui a água e o sabão, principalmente se as mãos estiverem sujas,

Aprenda a lavar as mãos da maneira correta

A Organização Mundial da Saúde afirma que as mãos devem ser higienizadas com água e sabão sempre que estiverem visualmente sujas. O ato deve durar no mínimo 40 segundos e no máximo 60.

Primeiro, molhe as mãos com água, depois aplique o sabonete líquido em quantidade necessária para cobrir todas as áreas. Em seguida, ensaboe as palmas friccionando uma contra a outra em movimentos circulares.

Logo após esse movimento, esfregue a palma de uma mão no dorso da outra mão, entrelaçando os dedos. Volte as palmas uma contra a outra e friccione nos espaços interdigitais.

Posteriormente, esfregue o dorso dos dedos da mão direita na palma da mão esquerda em movimentos de vai e vem, sempre segurando os dedos. Lembre-se de lavar os polegares com a palma da mão contrária com movimentos circulares. As unhas devem ser higienizadas em movimentos circulares com fricção na palma da outra mão.

Seguindo essas dicas você vai manter não apenas a sua saúde, mas vai contribuir para a boa saúde de todos que te rodeiam e/ou que têm contato direto com você. Lembre-se de que, ao contrário do que muita gente acredita, o uso frequente de sabonetes antibacterianos, para lavar as mãos, não é recomendado e os mesmos devem ser usados com cautela.

Você ainda tem alguma dúvida sobre a importância do hábito de lavar as mãos? Deixe seu comentário!

Comments (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This