dicas pra manter uma boa saúde

Confira 5 dicas para manter a boa saúde

 

Manter uma boa saúde é uma questão que diz respeito ao agora e ao futuro. Isso porque as decisões que tomamos hoje certamente vão refletir no nosso bem-estar por anos e anos. Por esse motivo, devemos desde já buscar hábitos de vida saudáveis.

Existem doenças que não temos como prevenir. Por outro lado, também há aquelas que já têm suas causas conhecidas. Dessa forma, vale a pena adotar algumas posturas simples no dia a dia para diminuir as chances de que elas apareçam.

Abaixo, confira algumas dicas para manter a boa saúde!

1. Mantenha um peso saudável

A manutenção de um peso saudável vai muito além das questões estéticas. O excesso de peso aumenta o risco de doenças como diabetes, hipertensão arterial, colesterol alto, alguns tipos de câncer, depressão, infertilidade e problemas ortopédicos e respiratórios.

Sendo assim, é interessante se consultar com um nutricionista para descobrir seu peso ideal, de modo a criar estratégias para se manter nele em vez de emagrecer e engordar consecutivamente. 

2. Pratique exercícios físicos regularmente

A prática de regular de exercícios físicos definitivamente traz diversos benefícios para o corpo. Entre eles, podemos citar:

  • fortalecimento do sistema imunológico;
  • redução do LDL (colesterol ruim);
  • diminuição da ansiedade e do estresse pela liberação de endorfina;
  • regulação da produção de insulina, ajudando a prevenir a diabetes;
  • controle da hipertensão; 
  • facilitamento da digestão e do trânsito intestinal;
  • redução da depressão;
  • aumento da disposição e energia. 

Aqui, também é válido ressaltar que a qualidade de vida das pessoas que praticam atividades físicas aumenta consideravelmente, independentemente da idade e do tipo de exercício praticado.

3. Tenha boas noites de sono

Além de relaxante, ter uma boa noite de sono permite que o corpo e a mente descansem adequadamente, garantindo assim que suas energias se renovem para o dia seguinte.

Durante as diferentes fases do sono, o corpo passa por diversos processos que incluem:

  • economia de energia;
  • restauração de tecidos;
  • aumento da massa muscular;
  • liberação do hormônio do crescimento (GH);
  • consolidação da memória e do aprendizado.

Dessa forma, quando não dormimos bem e acordamos durante a noite, voltamos para a primeira fase do sono e prejudicamos os processos das fases mais profundas. 

4. Reduza o estresse

Além de ocasionar o desgaste físico e mental, o estresse excessivo pode levar ao aparecimento de doenças psicológicas e elevar o risco de complicações cardiovasculares. 

Entre os principais sinais do estresse, podemos mencionar as alterações de humor, mudanças de apetite, ansiedade, problemas de atenção e sensação de desgaste constante. 

Esteja, então, atento aos sinais do seu corpo e lembre-se de que a vida é uma questão de equilíbrio. Os momentos de lazer são necessários para o relaxamento e para a prevenção do estresse, afinal, ninguém vive só de trabalhar.

5. Busque uma alimentação saudável

Além de ocasionar o ganho de peso, o exagero na ingestão de alimentos não saudáveis — como os ricos em gorduras saturadas, sódio e açúcares —  aumenta significativamente o risco de desenvolvermos doenças como diabetes, hipertensão, obesidade e câncer.

boa alimentação é aquela composta por várias refeições ao longo do dia, que contenham alimentos saudáveis e nutrientes balanceados. A Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição (SBAN) recomenda 10 passos para uma alimentação saudável: 

  1. faça pelo menos três refeições e dois lanches saudáveis por dia;
     
  2. inclua nas refeições diárias seis porções do grupo de cereais, tubérculos e raízes;
     
  3. consuma pelo menos três porções de verduras e legumes e três porções ou mais de frutas todos os dias;
     
  4. coma todo dia feijão com arroz — é uma combinação completa de proteínas;
     
  5. coma três porções de leite e derivados e uma porção de carnes, aves, peixes ou ovos diariamente;
     
  6. consuma por dia uma porção de óleos vegetais, azeite, manteiga ou margarina — no máximo;
     
  7. evite sucos industrializados, refrigerantes, bolos e biscoitos doces e recheados;
     
  8.  reduza a quantidade de sal na comida;
     
  9.  beba pelo menos dois litros de água por dia;
     
  10.  pratique pelo menos 30 minutos de atividade física todos os dias e evite as bebidas alcoólicas e o fumo.

6. Não exagere na bebida

Estudos demonstram que o consumo exagerado de bebidas alcoólicas está diretamente relacionado com o surgimento de doenças crônicas não transmissíveis, como hipertensão arterial e diabetes, além de alguns tipos de câncer. 

Outras desvantagens do consumo de álcool para a saúde são as alterações na fisiologia do sistema gastrintestinal, que resultam em distúrbios na absorção de nutrientes como as vitaminas do complexo B e D.

7. Tenha um acompanhamento médico regular

A visita de rotina ao médico deve ser um costume adotado por todas as pessoas, e não uma exceção quando acontecem problemas específicos de saúde. Independentemente da idade, é importante manter um acompanhamento médico regular, que pode variar de frequência de acordo com a faixa etária e demais fatores de risco.

Além disso, devem ser feitos os exames preventivos específicos para cada sexo e idade. Isso porque as alterações e doenças que são diagnosticadas no início, quando ainda não surtem efeitos, têm mais chances de serem controladas e curadas.

8. Use protetor solar

O Brasil é um dos países com maior nível de radiação solar. Por esse motivo, é importante redobrar a atenção e tomar uma série de cuidados a mais com a pele.

O protetor solar deve ser usado sempre, até mesmo nos dias de inverno, uma vez que os níveis de raios ultravioletas são altos durante todo o ano.

No dia a dia, é recomendado o uso do protetor FPS 15 quando for se expor ao sol ou ao ar livre. Ele evita o surgimento de manchas e rugas na pele e, mais importante ainda, é uma das principais formas de prevenção do câncer de pele, tipo de câncer mais comum no Brasil.

É importante mencionar que o protetor deve ser escolhido de acordo com o tipo de pele. Aqueles feitos para peles secas possuem mais hidratante em sua composição ou são à base de loção. Caso a sua pele seja oleosa, o protetor deve ser oil free (livre de óleos) ou similar.

9. Preste atenção no seu corpo

Atualmente, grande parte das pessoas possui uma rotina agitada, dividindo o tempo entre estudo, trabalho, família e relações sociais. Por isso, é preciso estar atento aos excessos impostos ao corpo e saúde mental.

Quando sentir dores ou cansaço, diminua a velocidade e procure formas de aliviar a tensão e a fadiga. Respeite seu tempo e faça pausas quando necessário — o descanso do corpo e da mente é preciso e deve ser respeitado.

Por fim, lembre-se de que o corpo muda suas capacidades ao longo dos anos e, por isso é preciso também que mudemos de hábitos, para que eles estejam de acordo com o alcance atual do nosso organismo. 

Com essas dicas para uma boa saúde, é possível perceber que manter uma vida saudável é uma questão de atitude. É claro que é impossível seguir todas as regras o tempo inteiro, mas é recomendável adotar a prática rotineira de pelo menos alguns dos hábitos mencionados.  

Se você gostou do conteúdo de hoje, não deixe de curtir a nossa página no Facebook para acompanhar de perto as nossas atualizações!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This